Renata Streit

Como escolher o papel de parede ideal! Parte 01


Muita gente gosta de decorar a casa sozinho e tem medo de arriscar nas suas ideias! Na maioria das vezesnoto que não é falta de talento e sim, de confiança no seu toque de decorador. Mas basta um empurrãozinho pra muita gente de bom gosto investir sozinho na casa. Quando a escolha é a de um papel de parede novo para o ambiente, a coisa não é diferente. Sempre bate aquela duvida cruel se o papel escolhido vai combinar com as estampas já usadas, com a cor das outras paredes e dos móveis. 

Meus alunos me perguntaram uma vez se existia alguma regra de combinação. Até existem, mas sinceramente isso nunca funcionou pra mim. Acredito mais no "feeling" do combinou não combinou do que no "isso tá certo, isso tá errado".

Montei uma série de exemplos abaixo de estilos diferentes de ambientes onde o papel de parede foi usado com sucesso. Talvez você discorde de algum modelo, mas no decor é sempre assim né? Tem gente que ama, tem gente que odeia! 

1. Usando papel de parede neutro

Se você quer ampliar o ambiente mas dar uma textura diferenciada as paredes, aposte em um papel neutro com estampa discreta. Mesmo o preto na foto abaixo dá sensação de amplitude e um toque de sofisticação que só essa cor oferece.

 

                         papel de parede branco com estampa

 

                         papel de parede preto com estampa

 

2. Papel de Parede Infatil Contemporâneos

Simples, lúdicos e só perfeitos, a nova geração de papéis de parede infantil tem ganhado o meu coração. Por quê? Eles são fáceis de usar e combinam com a maioria dos dormitórios, sem contar que dão um charme como nenhum outro revestimento com apenas algumas horas de colocação. 

Se você quer investir em um dos modelos disponíveis no mercado, não tenha medo de usa-los. Escolha modelos em preto e branco que vão combinar com os inumeros brinquedos do seu filho, e ainda por cima darão um ar "cool" no quartinho.

 

                         papel de parede infantil bolinhas

                         

3. A classe dos exagerados 

Ok, muita calma nessa hora. Aqui vai uma dica para quem ama o exagero bem empregado. Abaixo dos exemplos de papeis de parede que roubam a cena. O primeiro, uma paisagem urbana usada com uma decoração em tom azul e branco e acabamentos em madeira. A escolha de poucos tons e um acabamento natural ofereceu um encaixe perfeito ao papel que, mesmo preto e branco, é super carregado. Adorei, e vocês? A propósito, o papel de parede é um Fornasetti...

 

                         papel de parede estampa de cidade

 

Aqui a escolha foi a de um papel de parede colorido e em estampa retrô. A dica é seguir a decoração em uma  ou duas das tonalidades presentes no papel. No caso a escolha foi o verde do criado e a poltrona em rosa antigo.

 

                         papel de parede floral retro

 

Mesma estratégia usada nesta foto de baixo. O papel de parede que imita livros em prateleira é super carregado. Para amenizar o efeito e criar um mood "dramático" ao ambiente, o decorador usou preto com toques de cor em rosa choque e um roxo bem fechado. Para evitar o efeito de sufocamento, mantenha o forro totalmente branco.

 

                              papel de parede livros

 

4. Ousadia pura

Quem quer misturar estampas precisa ter um cuidado ainda maior. É facil de errar e o resultado muitas vezes é um ambiente kitsch e carregado. A foto abaixo é um exemplo que eu considero positivo. Foi usado papel de parede de bocas (só eu to apaixonada por ele?) combinado a uma parede com textura cinza e um piso em estampa "espinha de peixe também cinza.

O segredo aqui é a escolha da tonalidade das outras duas estampas, o cinza. Cinza é neutro e leve. mesmo sendo usado em duas diferentes estampas, não carregou o espaço. Não sei se eu teria coragem de usar o papel de parede de bocas caso eu estivesse projetando mas devo admitir que ficou muito bom e que sem ele o espaço seria bem caidinho. Fiz uma simulação tosca no photoshop para vocês verem como o ambiente ficaria apagado sem ele!

 

                         papel de parede bocas

 

Simulação tosca no photoshop de como seria sem o papel de parede de bocas...

 

                         

 

Notaram como fica morno? O papel de parede fez toda a diferença, não acham?

 

Essa foi a parte 01 da matéria! Decidi dividir em duas porque são muitos exemplos e ia ficar muito  cansativo... Em breve  Como escolher o papel de parede sem medo de errar! Parte 02!  Fiquem ligados... 

 

Beijos!

TAGS: papel de parede, papel de parede para o quarto, como escolher papel de parede, como instalar papel de parede.

Renata
Hey! Meu nome é Renata Streit e esse é o blog Casa Menta, um blog sobre arquitetura, design e décor, onde você vai encontrar tudo o que inspira meus projetos, minhas aulas e minha vida. Sou arquiteta, com amor correspondido por cores vibrantes, formas simples e muito verde. Meu desejo é que essa inspiração também seja um norte para você.

Pinterest

Instagram

    Newsletter:você não quer perder nossas últimas dicas, quer?

    Cadastrar

    Modificar o lar das pessoas exige um bocado de delicadeza e atenção. Faça com talento, mas acima de tudo, crie com o coração.

    Copyright © 2016 - Mantido por Renata Streit